soneto par do triz...

Na aurora de um sonho... adormecer
Nas palavras e beijos que a lua entoa.
Nos olhos neve... inspiração que voa
Como Brasa fria no coração... estremecer.

Estrada de areia, busca... envelhecer.
Grinaldas sorte, asas que o traz magoa...
Solidão é o destino que o sorriso ecoa :
Vestes da tradição morrer.

Alado, o olhar na dor distante.
Nas nuvens vermelha deseja o instante
Que o amor parecia ter fim.

E agora gotas de lágrimas crescem,
Saudando grãos de sonhos e descem :
Adormeces com os olhos em mim...


GREDILHA,marcio.

Poeta de rua
Politicando Brasil
.

5 Comments:

  1. Monika Baumann said...
    Que lindo! Comovente!
    ... nos olhos neve... inspiração que voa...

    E como voa a sua inspiração. Amei!
    Bjuuu e bom final de semana pra ti querido.
    Monika Baumann said...
    Passando por todos os amigos pra avisar que terminei de atualizar meu blog. Se puder me linkar novamente eu agradeço, é só pra ficar certinho aqui no seu blog.
    Bjuuuuu e boa sexta!
    Carta e Verso said...
    Parabéns pelo blog, Marcio. O soneto é algo que me acompanha já há alguns anos. Convido você e seus leitores a darem uma olhadinha no cartaeverso.blogspot.com

    Um abraço,
    I.R.
    Carol Barcellos said...
    Maravilhoso, Gredilha! A última frase deu um toque todo especial ao soneto...

    Beijos doces cristalizados!!! :o)
    Lenita said...
    Lindo demais!

Post a Comment




 

Política de privacidade

Blogger Template Sponsored by Top 10 Best Business Web Hosting Reviews