Morte ou destino II

Morte ou Destino II

Por que vens assim pra nos levar o amor
Com tua rude palavra e fiel dança?
A lágrima encontra o vento e se lança
Dentro do silêncio na gentil dor.

Por que vens assim nos roubar a esperança
Com esse teu verso na lápide? O acolhedor...
E nem mesmo a terra esconde o odor
E teus habitantes se fartam da lembrança.

Meu último amor partiu sem saber.
Por ausência perdi o último beijo e o olhar...
Que ainda hoje tento esquecer.

Ainda sem entender... Por quê vieste buscar?
Saudades... A alegria era o seu cantar...
Dos teus abraços ninguém pode correr.



Dedicado à minha querida vovó narcisa.



GREDILHA,marcio.
Poeta de rua
Politicando Brasil
..

4 Comments:

  1. darkest poet said...
    Uma linda obra de triste melancolia...
    Adorei o poema =)
    A Poetinha said...
    Passando para dar um oi.
    opoeta_morto said...
    Se eu tiver um neto assim como você estarei de bom proveito muito feliz.

    Eu passei um tempo longe da blogsfera,mas estou de volta e cadê vez mais orgulhoso dos meus amigos que encontrei aqui, belo.

    saudações

    o poeta morto
    Lenita said...
    Que triste e que lindo!

Post a Comment




 

Política de privacidade

Blogger Template Sponsored by Top 10 Best Business Web Hosting Reviews